Rodamoinho na franja – herança do pai!

foto

Como pai da princesa Gabi e marido cheio de orgulho da esposa, vou também compartilhar meus pensamentos, medos, ansiedades, dúvidas e vitórias, escrevendo alguns posts e artigos, dando assim um toque masculino ao blog Meu Anjo Gabriela.

Em uma noite de quinta-feira, por volta das 22 horas, eu tinha acabado de chegar de um jogo de basquete que rola no meio da semana com os amigos (que depois da chegada da Gabi, acabou… rsrs) e percebi que a Cris me esperava com um ar de ansiedade, querendo que eu fosse logo tomar um banho… Como todo homem, já tinha em minha mente o desfecho daquela cena…rsrs…!!! Volto eu do banho, todo animado, quando ela me pede para pegar – não me recordo o quê – na gaveta do criado mudo ao lado da cama e, sem entender muito bem, mas doido pra concluir logo esta tarefa e ir direto para o que eu estava planejando, abri a tal da gaveta… Conseguem imaginar o que tinha lá?… Dois sapatinhos brancos de bebê e um teste de gravidez POSITIVO… Choramos muito!!!

Sou daquelas pessoas que gostam de controlar tudo, adoro ficar olhando uma planilha, curto fazer planos e organizar as rotinas, calcular gastos… Enfim, controle absoluto!

Passada a euforia inicial surgiu a primeira dúvida: menino ou menina? Naquele instante eu soube que tudo seria diferente… Ficamos oito anos juntos sem filhos, mas naquele instante senti que a hora havia chegado.  Cada etapa das nossas vidas havia sido planejada (eu adoro planejar tudo, lembra?), primeiro o foco foi no trabalho, depois nas especializações, folga financeira, habitação própria, viagens… Estava tudo certo para o próximo passo:  filhos

Opiniões não faltavam! Minha consciência me mostrava uma certeza que chegava a assustar, nossa filha era uma Menina!!! Escolhemos o nome: Gabriela! Vocês podem perguntar: mas e se fosse menino, qual seria o nome? Não tínhamos escolhido!!! Sabíamos que seria uma menina e de alguma forma nossos anjos estavam nos orientando e preparando desde o início para os desafios que iríamos enfrentar mais a frente e o maior de todos os adversários: o desconhecido (nós, pais de filhos com condições especiais, vivemos cada dia sem saber como será o próximo).

Gabriela a caminho!

A gravidez corria 100%, montamos o quarto, compramos as roupas e todos os acessórios que as mulheres acham superimportantes e nós homens não entendemos nada, mas concordamos para manter os ânimos tranquilos. Parto normal ou cesárea? Claro que seria cesárea (lembrem que gosto de controle!) e a Cris também preferiu, então havíamos chegado num consenso.

Na 34ª semana da gestação da Gabi, em uma ultrassonografia de rotina, a médica nos disse: “Sua filha está com restrição de crescimento e temos que adiantar o parto!”.

Agendamos a cirurgia e a Gabi chegou, pequeninha, frágil e, ainda assim, tão linda…!

Cheguei à UTI neonatal e ela estava lá, dentro de uma incubadora. Confesso que não foi a primeira visão que pensei que teria da minha filha, mas eu estava transbordando felicidade porque ela era muito linda! Foi amor à primeira vista!

O tratamento que recebemos dos profissionais da UTI, dos médicos e da equipe de enfermagem foi maravilhoso! Foi um curso intensivo de pais em 20 dias, aliás, o melhor de todos os cursos!O primeiro susto que levei no papel de pai não demorou muito – assim que cheguei ao seu lado, a Gabi engasgou com fluído interno e as enfermeiras vieram rapidamente e aspiraram o líquido. Ufa! Naquele instante nasceu não o pai da Gabriela, pois este já existia antes dela chegar, mas o super-herói da Princesa Gabriela, que cuidará dela para o resto da vida!

Todos os planos que tínhamos feito não poderiam ser cumpridos, mas naquele momento não importavam mais, tínhamos recebido um presente de Deus!

Hoje continuo fazendo planos, mas a escala de prioridade da minha vida se resume à vida da Gabi e à estrutura para proporcionar qualidade de vida para ela, Cris (minha esposa e super mãe!) e minha família.

Ainda temos medo do desconhecido, mas se posso dar uma pequena dica, trabalhe sua Fé! Uma Fé raciocinada, observando cada detalhe do caminho. Hoje agradeço a Deus pela Gabi, minha princesa, por ela estar aqui conosco e por tudo que ela tem nos ensinado todos os dias, mesmo tão novinha… Se Deus me permitisse voltar no tempo e escolher como seria nossa história, eu só mudaria uma coisa: pediria a Ele para mudar apenas um detalhe, …que a Gabriela não herdasse de mim o “rodamoinho” na franja… O resto é absolutamente PERFEITO!

35 Comentários

  1. Suely Andrade

    Me emociono tanto quando leio o que vcs escrevem. Vc Cris, uma super mãezona maravilhosa, o Le um super paizão tào carinhoso, consciente, amoroso. Amo a Gabi como se fosse minha sobrinha, amo vcs. bjao

    Responder
  2. Caroline

    Fantástico!!! Não há como não se emocionar! Que Deus os ilumine sempre, mais e mais a cada dia!

    Responder
  3. Jane

    Lê. Seu depoimento é lindo. Ser mãe ou pai. Já é um desafio. Os especiais assim igual a você e a Cris então são maravilhosos. Escolhemos ter um filho vocês sabem! Da decisão até a concretização foram dias de provação. Hoje vejo que Deus estava nos testando, se realmente estávamos preparados para esse amor incondicional por um ser tão frágil, que precisa tanto de nossa força e amor! E agora seis anos e meio depois , lendo seu depoimento vejo que Deus nos capacita todos os dias com pequenos detalhes. Só precisamos estreitar os olhos e abrir o coração. Parabéns vocês são maravilhosos e a Gabi não poderia ter sido mais sortuda. Claro tirando a parte do redemoinho! !!! rsrsrs

    Responder

  4. Que lindo Lê!! chorei de emoção, mas sei que Deus, na sua infinita misericórdia, vai estar sempre iluminando o vosso caminho….bjos queridos…..

    Responder
  5. Fernanda lima delfim

    Alexandre,a dias venho querendo conhecer a historia de vcs,mas confesso que a correria do dia dia nao me deixava,ate que numa dessas noites de acorda ,levanta olha se o filho ta coberto (tambem tenho um filhinho de um aninho e uma de oito) pensei ….e a Gabi? Entrei no blog e tive o prazer de conhecer sua familia ,e claro que me emocionei ou melhor estou emocionada ate agora mas Lembre se Deus esta no CONTROLE de tudo.Espero poder um dia conhecer a Cris ,como mulher e mae sei que vc esta ao lado de uma gerreira, entao acho que posso me despedir da familia dos gerreiros!!!

    Responder
  6. Joice

    Simplesmente emocionante todos os depoimentos! Uma família unida no amor e na fé consegue escalar a mais alta montanha!

    Responder
  7. Elaine Turibio

    Ale e Cris, vejo em vocês, pessoas abençoadas por Deus, pois somentes estas pessoas, tem o privilègio de poder cuidar destas pessoinhas tão especiais, que nos ensinam muito somente com sua presença iluminada.

    Responder

    1. Elaine, obrigada pelo carinho de todos vocês, da Tia também! Realmente aprendemos e crescemos diariamente com a Gabi! Fomos privilegiados! Beijos

      Responder
  8. RENATA

    Ale,

    Moramos com a Cris em Sp !!! Me emocionei com a historias de vcs !!! Parabens !!!

    Responder
  9. Tania

    Lindo depoimento Alexandre. Sei que ela é o diamante perfeito para vocês lapidarem e fazê-la brilhar de felicidade e plenitude. beijos a toda família

    Responder

    1. Gê minha querida amiga, nos tornamos irmãs de alma, amo o pinguinho como se fosse meu sobrinho, rezo por ele, torço por sua evolução a cada dia!!! obrigada por sua parceria!

      Responder
  10. Larissa

    Que lindo seu depoimento Lê! Que Deus abençõe vcs nesta jornada…e que traga cada vez mais alegrias pra essa tão amada família!!!

    Responder
  11. Nadielle Monteiro

    Creio que a prjncesinha GAbriela não poderia ter pais melhores. Vc e a Cris são anjos que cuidam de um outro anjo muito especial! Parabéns pelo blog…E força e fé sempre!! DEus está conosco.

    Responder
  12. Rowena

    Le, nem preciso dizer o quão sou orgulhosa de vcs, né!… Obrigada pelo grande exemplo de força, amor e fé!

    Responder
  13. ROSANGELA/FLÁVIO/JOÃO VICTOR

    Ale impossivel não se emocionar com seu depoimento, simplesmente maravilhoso!!!!!Vocês estão de parabéns pela maneira em que estão conduzindo a situação, situação essa que já esta encaminhando para um bom desfecho…torço por voces e claro que pela linda Gabi!!!!

    Responder
  14. Mauricio Coura

    Alê…mandou bem!!! Você e a Cris sempre foram um exemplo de Fé para nós…com certeza esta benção que Deus enviou a este mundo chamada Gabriela veio para ensinar não só vocês, mas todos nós e ELE escolheu a dedo a família que ela viria…não podia ser melhor! A presença de Deus na sua casa é visível e clara!

    Abraços!

    Responder

  15. Bom meu cunhado…amigo..e hoje mais que um irmão..quero dizer que você é um superrrrrr Pai(só quem convive sabe)um superrr marido, e digo isso com o conhecimento de causa, pois minha irmã é só felicidade…Agora quanto a Gabi eu dobro os meus joelhos para agradecer a Deus de ter me dado a oportunidade de ficar perto dela, e de tê-la em minha vida, e mais do que nunca participar de cada etapa da vida dela. Como eu a AMO..Beijosss
    Nos aguarde dia 05/10…heheh

    Responder

  16. O q dizer desse pai babão e desse casal que tto amo??? Lê, lindas palavras, e de fato, a Gabi tem seu redemoinho eheheheh!! No mais,como já disse a Cris uma vez, tudo tem uma razão e um porquê…. e olhando essa foto, vejo somente uma coisa: um amor imenso e incondicional e é isso em nossa vida que vale a pena!! Beijos no casal e na princesa, estamos juntos com vcs !! Paty e Charles Mendlowicz

    Responder
  17. Alessandra

    Não esperaria menos de vc meu irmão…a Gabizinha ,vc e a Cris são muito especiais!Que Deus os abençoe todos os dias,horas,minutos…amo vcs demais…..

    Responder
  18. Leticia

    Que coisa mais linda Le! puxa vida! Que benção, que oportunidade, que missão! Estou feito boba chorosa aqui… Mas cheia de luz e de exemplos! parabéns por reconhecer tamanha oportunidade!

    Responder
  19. Milena Castro Ribeiro

    Que lindo depoimento Alexandre. Adorei o rodamoinho na franja..rsrsrsrsrs. Abração.

    Responder
  20. Meri

    Le….que lindo seu depoimento…que Deus abençoe vcs pais para continuar cuidando da linda e maravilhosa Gabriela…bjos

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *