5 Comentários


  1. Oi meu nome é jiliane tenho um menino de oito anos, que desde nove meses tem crises ,toma medicamentos , faz tratamento com psicóloga, levo regularmente ao neurologista dele ZX mas eu estou muito estressada, já estou tomando remédios pra depressão, mas ele diga mimhas energias, não consegui entender como ele consegue ficar tão agitado , as vezes mesmo com os remédios ele não dorme passa a noite acordado, é só quer comer coisas doces,eu queria algumas​dicas animais é bom , quais esportes , atividades,me ajudem eu estou muito esgotada……

    Responder
  2. Edson Lopes Pinto

    Meu nome é edson lopes pinto, 38 anosTenho epilepsia desde os 6 meses de idade causada por uma febre e na infância e através de uma ressonância magnética, confirmou o resultado de SINAIS DE ESCLEROSE MESIAL TEMPORAL A DIREITA e durante a adolescência foi que os sintomas começaram a ser percebidos, pois não havia relacionamento com as pessoas, não conversava , não pelo fato de ser uma timidez e sim por não conseguir desenvolver assunto e sua presença nos locais ė como se fosse nula. E na fase adulta os sintomas começaram a piorar, pois a epilepsia acabou se tornando de difícil controle. Começou a ocorrer crises epiléticas na rua, no emprego, em casa, dentro do ônibus e o convívio social e i trabalho acabou se tornando pior. Às vezes quando saio de casa sozinho, o local pode estar lotado de pessoas mas pra você parece que não tem ninguém. O mesmo ocorre com os familiares e amigos. Pois quem tem epilepsia de difícil controle tem muitas limitações, desde o trabalho, lazer, convívio social e ambiental e por isso eu me sinto como uma pessoa em estado vegetativo, já que não posso fazer tudo aquilo que uma pessoa normal e sem doença alguma possa fazer. Faço uso de carbamazepina , 500 mg de 8 / 8 horas, valproato de sódio 500 mg de 8 / 8 horas e clonazepam 2mg, 1 comprimido à noite.

    Responder
    1. Letícia Cristiane Barros

      Oi meu me chamo Letícia e tenho 32 anos tive as 2 crises com 15 anos agora sentia muita dores d cabeça após ir ao neuro descobri q tenho esclerose mesial do lado esquerdo,sinto q minha memória não é a mesma infelizmente ,mais preciso de ajuda como irei conviver assim ,eu descobri tem uns 8 meses.

      Responder

      1. Puxa Letícia, sinto daqui a sua angústia. Mas olha só, estamos numa época em que a medicina evolui muito rápido e os médicos possuem muito preparo para lidar com problemas que antigamente sequer eram diagnosticados. Tenho certeza e fé de que você achará uma forma de minimizar as dores de cabeça e encontrará loguinho um tratamento que possa lhe proporcionar qualidade de vida e paz. Um beijo grande com carinho e boa sorte nesta busca!

        Responder

    2. ola Edson lopes meu caro irmão Deus e ouvi seus filhos dia e noite e ninguém vem ao mundo para padecer seja lá que infermidade for por isso ti peço e ti ordeno em nome de cristo e com cristo ora ajuelha quando acontece este tipo de caso por favor siga os meus conselhos va a qualquer igreja ora e peça a Deus tu ainda vas agradecer muito a Deus… bjs

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *