Cris Venturini

Num desses programas de decoração de sábado a tarde acompanhei a transformação do quarto de uma menininha em um quarto de mocinha. Quando o decorador transformou a cama dela em uma ‘cama-casinha’ (cama em cima e um espaço livre e fechado embaixo, tipo uma cabaninha) na hora imaginei fazer algo parecido com o bercinho da Gabi, que até então já estava pequeno e totalmente fora de contexto, afinal, nossa mocinha já estava com quase 6 aninhos e precisava deixar o berço!!!  Foi buscando algo prático, seguro Continue

Superado o desafio da primeira viagem de avião da Gabi (com seu carrinho adaptado) chegamos em terra firme!!!! Solo Paulista, confesso: a-d-o-r-o (tenho certeza que a Gabi também)!!! Como não gosto muito de quebrar a rotina da Gabi, ao invés de ir direto passear no shopping (confesso que tive que me conter) fomos direto para o hotel encontrar o papai (que estava morrendo de saudades), descansar um pouco, tomar um banhinho gostoso e comer uma comidinha quentinha. A Gabi aproveitou e até tirou um cochilo. Continue

Primeira viagem: lazer. Destino: São Paulo (encontrar o papai que estava fazendo um curso na capital). Objetivo: Curtir o fim de semana em São Paulo com os dindos Weaker e Letícia. Como eu não tinha ideia do que fazer ou preencher no site da companhia aérea antes da viagem, não fiz nada, simplesmente entrei no site, comprei as passagens e esperei o grande dia!!! No dia da viagem pegamos um Taxi Acessível e seguimos para o aeroporto – aproveito para registrar a minha satisfação com Continue

Em meio a tanta tecnologia não poderíamos ficar de fora do Instagram não é mesmo?? Clique aqui para ver nossa página no Instagram! A intenção com este perfil no instagram é ganhar velocidade para divulgar o dia a dia da Gabi, terapias, tratamentos, alimentação, tudo de forma mais resumida e rápida, assim como ganhar agilidade para responder às dúvidas que são feitas através do blog..rs…

Gente, não pude deixar de copiar e colar a declaração de amor feita pela ‘titia’ (mais que coruja) Paty Mendlowicz para nosso anjo Gabilica…me emocionei! A correria do dia a dia nos faz esquecer de que a beleza da vida esta nos detalhes, nas “pequenas grandes” conquistas da Gabi, é tão lindo quando ela consegue colocar sua mãozinha sobre a minha…ela se esforça tanto…praticamente trava uma batalha interna com seus músculos – que na grande maioria das vezes não responde aos seus comandos – para Continue

Nestes últimos dias abandonei um pouco o blog porque estava muito ocupada andando de montanha russa…lá estava eu, travada naquele carrinho, sendo jogada pra cima e para baixo! Montanha russa é assim mesmo…um turbilhão de sentimentos em poucos instantes, por mais que você saiba que o caminho é basicamente subir e descer, tem sempre um sentimento diferente te esperando a cada curva, cada subida, cada descida…. Vida de mãe é uma montanha russa, vai dizer que não é?

10 COISAS QUE SEU FILHO NORMAL VAI APRENDER DA CONVIVÊNCIA COM CRIANÇAS ESPECIAIS   Este é mais um dos posts maravilhosos feitos pela Andréa, mãe do Theozão, do blog www.lagartavirapupa.com.br  que gostei tanto que merece ser compartilhado na íntegra.   Ai vai: Uma coisa que temos que ter em mente é que ninguém nasce sabendo. Nós sabemos o quanto aprendemos com nossos filhos especiais porque os temos, mas eu mesma tenho que admitir que não sabia lhufas sobre isso antes do Theo. Eu era como todos os Continue

A coisa mais gostosa desse mundo é poder presenciar aquele sorrisão delicioso que a Gabi dá quando acerta a brincadeira….por exemplo…quando ela brinca com o pianinho na fisioterapia, ela sabe que tem que bater a mãozinha para o som sair, então, assim que ela consegue bater a mãozinha no teclado já olha para nós esperando a bagunça que fazemos como forma de dizer ‘parabéns filha, vc fez o movimento correto’… Ela tem também um sapinho que ama de paixão e sabe bem que no sapinho Continue

Acredito que as primeiras dúvidas que surgem quando uma pessoa (aqui me refiro aos colegas, amigos e parentes) tem seu primeiro contato com uma criança com necessidades especiais é: como devo agir com relação a criança e aos pais? Posso brincar normalmente com a criança? Posso pega-la no colo? O que devo falar, será que ela vai me entender? ….e por medo de errar ou pela simples falta de esclarecimentos, a pessoa acaba se afastando ou ficando sem reação diante dos pais e da criança…. Continue

Abordagem Neurológica dos Distúrbios Comportamentais na Infância   FARIAS, Antônio Carlos De. Abordagem Neurológica dos Distúrbios Comportamentais na Infância. Disponível em: <http://www.neuropediatria.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=106:abordagem-neurologica-dos-disturbios-comportamentais-na-infancia-&catid=62:disturbio-de-comportamento&Itemid=147>. Acesso em: 11 dez. 2012.   Introdução A diferenciação entre um comportamento normal e patológico nem sempre é clara; Não existe um critério uniforme e inequívoco do que seja um comportamento normal. As pessoas são diferentes uma das outras, crescem em ambientes com variadas culturas e crenças, vivenciam as situações da vida com as suas maneiras próprias de ser. Não se pode julgar Continue

Pensem numa correria daquelas, típica de fase pré-festa… Agora multipliquem por 2!!! Pois é, este foi meu desafio neste último final de semana! Festa de um aninho da Gabi (que em nada perde para uma festa de 15 anos em termos de organização!! Afff… Que correria…rs…) e batizado!! Claro que contei com muita ajuda das titias de plantão! Aliás, nada teria acontecido sem estes anjos… Desde o planejamento até a organização deste grande evento..rs… O resultado foi maravilhoso! Embora todo mundo diga que festinha de Continue